sábado, 23 de janeiro de 2010

uma borboleta noturna...

basta deixar a janela da sala aberta durante a noite, e lá vem alguma me visitar.
elas devem saber que são bem vindas em minha casa.
cada uma mais bonita que a outra. desenhos e cores únicas. verdadeiras obras de arte.
gosto de fotografá-las. assim, posso ter comigo a lembrança de suas passagens por aqui.
a foto que está acima é minha preferida.
claro, eu sei é uma borboleta, mas alguém diz p/mim: saberiam ser uma borboleta se eu não dissesse? parece mais um monstrinho extra-terrestre dos filmes de ficção.
aqui está ela super confortável sobre o meu dedo. atentem aos detalhes. é de uma beleza tão imensa, que chega a me comover.


o mesmo bichinho. passou pela sala, foi atraída pela luz da cozinha e pousou sobre o escorredor de pratos. e foi assim que eu tive uma visão maravilhosa de suas asas coloridas e contrastantes.


.

.

.

.

.

dedico essa postagem à nathália...

3 comentários:

Quasímodo disse...

Bah... Na primeira foto, logo pela manhã, pensei que o monitor estava com defeito. Estava refletindo a minha imagem. Mas depois vi que não era. Eu ainda não tinha feito a barba...

Magnífica...

Beijo, querida.

Lu disse...

ô comadre, ocê não vai ponha otra barbuleta? Cansei de oiá essa, que parece nem sei o que..rss
Beeeijos!

Méon, disse...

Gostar de borboletas é saber ver o incomum!

Olhei e lembrei-me do tal Francisco: "minha irmã borboleta!"

Bj